Confronto

Uma peça de Domingos Oliveira, Luiz Eduardo Soares e Marcia Zanelatto

Sangrenta madrugada sangrenta

Livre adaptação para o teatro do livro de Luiz Eduardo Soares, A. Batista e R. Pimentel, Elite da Tropa.
Santiago, Capitão da PM, arma uma guerra entre duas facções do tráfico para beneficiar seu chefe, um político importante. Paixões violentas e incidentes inesperados fazem falhar o plano, provocando na cidade uma madrugada sangrenta, na qual é posta em cheque a ética das personagens. Uma peça de ação, psicológica e filosófica. Polêmica. Posto que discute a questão da Segurança Pública no Rio de Janeiro. Assunto que interessa a todos. E que divide as opiniões.

Sobre a peça

A peça vê a questão da violência urbana de um ponto de vista bastante inédito. São poucos os tiros. Tudo é visto do ponto de vista das cúpulas. Os personagens são o Comandante da PM, o Chefe da Polícia Civil, o Governador da cidade, o Secretário de Segurança, os chefes das diversas facções do tráfico, etc. A peça tenta entender o processo que move a violência, muito mais do que descrevê-la. Baseado em fatos reais, a estória poderia se passar em qualquer grande cidade do mundo. E não se refere especificamente a pessoas em particular, sendo qualquer semelhança, uma coincidência. Posto que o referido processo assemelha-se em toda parte, em todo tempo. [suprimida uma parte] O texto mantém em primeiro plano os personagens, os seres humanos com a sua complexidade, suas paixões, seus medos. “Não há preconceitos na Sangrenta Madrugada”. Porém há lugar para a esperança de um mundo melhor.

Para tratar de assunto tão grave, colocamos em cena nada menos que 17 atores, 14 homens e 3 mulheres, façanha nestes tempos de crise. Porém cremos ter alcançado uma peça útil socialmente, extremamente apropriada, extremamente adequada para as temporadas populares com debates sobre o assunto.

O espetáculo Estreou em maio de 2010 no Espaço SESC – Teatro de Arena, sendo sucesso por 6 semanas. Posteriormente encerrou sua temporada no Teatro Glauce Rocha.

A peça percorreu ainda o Circuito das Artes do Estado do Rio de Janeiro.

Ficha técnica

Elenco em ordem alfabética
ADRIANO PETERMANN
ALEXANDRE MOFATI
CAMILO BEVILACQUA
DELSON ANTUNES
EDUARDO BASTOS
FERNANDO GOMES
GRAZIELLA SCHMITT
JOSÉ ROBERTO OLIVEIRA
LINCOLN VARGAS
LORI SANTOS
LUIZ B. NETO
LUIZ MACHADO
MARCELLO PIO
MARCELO MENDONÇA
MICHEL BERCOVITCH
MOISÉS BITTENCOURT
PAULO GIARDINI
RENATA PASCHOAL
ROSE ABDALLAH
Direção de Domingos Oliveira
Cenários e Figurinos de Ronald Teixeira
Iluminação Russinho
Supervisão de Iluminação Maneco Quinderé
Produção de Renata Paschoal
Realização: Forte Filmes, Teatro Ilustre e Jaya Produções
Patrocínios: SECRETARIA de CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO e SESC RIO DE JANEIRO.

Trailer